fbpx

Ouça os adolescentes

Caso você seja mãe ou pai de adolescente, escute-os. Aliás, é bom ouvir as crianças também, principalmente as opiniões referentes à separação ou a sua vida após o divórcio.

Eu, aos 12 anos implorava para a minha mãe se separar do meu pai e esse sofrimento se estendeu até os 16. Acabei amadurecendo antes do tempo e trouxe pra mim a responsabilidade de proteger meus irmãos mais novos.

Contudo, algo muito legal aconteceu depois… Além da separação deles, é claro. Nada contra o meu pai hoje, mas na época eu o queria bem longe. Também não pense que esse texto é para culpabilizar os homens e pais pela separação… nada disso, ok? Contei apenas um momento ocorrido comigo.

Voltando à coisa boa… Aos 16 anos aconselhei minha mãe a fazer algo que gostava muito quando era solteira e ela se inscreveu numa academia de dança. Para incentivá-la, eu ia com ela todas as sextas para os bailes da academia, até que um dia eu pesquei um coroa paquerando minha mãe e chamei ele para um papo reto. Perguntei mesmo: qual é a sua intenção com ela? E ele respondeu que estava apaixonado. 

Pronto! Estão juntos há 20 anos como dois bons namorados. Na época, aconselhei que ela não morasse junto com ele e ainda bem que ela me ouviu, porque eles vivem numa eterna lua de mel. 

Filhos, principalmente quando são adolescentes, querem o seu bem e a sua felicidade. Não ignore, jamais, o que eles têm a dizer… Eu salvei a vida da minha mãe… 

Super beijos, 

Marianna Kiss

Instagram: @mariannakissoficial

Site: www.sexsencia.com.br

Seja nosso parceiro preenchendo o cadastro abaixo!