fbpx

Minhas coisas, suas coisas: Chegou a hora de fazer as malas

Como organizar a pré-mudança de um divórcio.

Por Bruna Guarnieri

Personal Organizer

O divórcio é um momento muito delicado na vida do casal. Muitas mudanças, incertezas e emoções à flor da pele fazem parte do pacote. Pensando nesse momento conturbado, vamos falar hoje sobre como organizar a pré-mudança da sua casa para que essa transição seja a mais tranquila que o momento permite.


Mudar de casa é literalmente um evento, precisa de muito planejamento senão vira um caos e, acredito que é o que você menos precisa agora. Pensa o seguinte, aqui estamos trabalhando uma mudança dupla – de casa e de vida – é por isso que amo trabalhar com organização de mudança, é nessa hora que temos a chance de literalmente fazer um inventário em tudo o que temos; e é bem essa a ideia mesmo.


Passar por todos os cômodos, por cada objeto, cada peça de roupa, cada papel, e selecionar o que vai fazer parte da nova vida, ou não. De um modo geral, o desapego não é algo fácil para muitas pessoas, ainda mais num caso de divórcio onde uma avalanche de emoções invade o processo, mas acredite, este é um passo muito importante e precisa ser feito. Calma, não é para sair jogando tudo fora.


Bora colocar a mão na massa? Em cada cômodo da casa que você passar, você vai selecionar todos os itens, separando em 4 pilhas: doação, lixo, venda ou fica. Neste processo, você precisa identificar o que não tem mais nada a ver com você, com sua nova fase, o que você já não usava mesmo e só está ocupando espaço e o que você não quer levar mesmo por conta de lembranças (este é o momento de encerrar o ciclo e abrir espaço para o novo). Entenda, o que fazer com cada item que encontrar:


Venda: objetos em bom estado e possíveis de revender para fazer algum dinheiro (que você pode planejar de usar essa renda para redecorar ou usar para comprar algumas coisas novas para nova casa). Podem ser roupas, móveis, objetos de decoração – busque grupos de desapego e divulgue para os amigos, você vai se surpreender.


Doe: itens em bom estado, que ainda alguém pode se beneficiar mas que não tem valor para venda.


Lixo: itens que não estão em condições de serem doados porque estão quebrados, rasgados ou são muito íntimos. Lingeries em geral jamais devem ser vendidas ou doadas, é lixo mesmo. Minha sugestão é que passe a tesoura nelas, para não correr o risco de ninguém pegar.


Ficar: são itens que fazem sentido pra você e que serão levados para a casa nova.

Na hora de embalar os itens, identifique exatamente o que tem nas caixas, fazendo um inventário mesmo; para caso você não vá desembalar imediatamente, você saiba o que tem nas caixas caso precise ou quando for organizar a nova casa, fique muito mais fácil saber o que nela e para que cômodo vai.

Vai dar trabalho? Vai. Você vai acessar muitas lembranças? Vai. O importante aqui é ter em mente que você está construindo uma nova vida e, você só vai levar o que vai te fazer feliz. É uma faxina mesmo, não só física, mas na alma também.

Bruna Guarnieri Organizer (@guarnieriorganizer) • Fotos e vídeos do Instagram
Site: Você Mais Organizada – Personal Organizer Bruna Guarnieri (vocemaisorganizada.com.br)

Seja nosso parceiro preenchendo o cadastro abaixo!